23 de novembro de 2016

1º Domingo do Advento – Ano A



“O tempo do Advento nos convoca à vigilância, para recebermos com prontidão e amor o Filho de Deus, a grande luz que virá no Natal.”

– Missa com criança da semana: Ficai atentos, orai e vigiai.
– Evangelho: Mt 24,37-44
Ficai atentos, pois o Senhor virá!
Iniciamos novo ano litúrgico com o tempo do Advento, que nos motiva a nos prepararmos para a chegada de Jesus, o salvador da humanidade. A liturgia de hoje nos convoca à vigilância, para recebermos com prontidão e amor o Filho de Deus, a grande luz que virá no Natal.
Acolhida – Boa noite queridas crianças. Boa noite a todos aqui presentes . hoje entrando no tempo do advento , celebramos a alegria da chegada de Deus menino .
Comentarista -Gente .. Vejam só quem está chegando !!!! É  papai Noel !!!
Mas papai Noel , já é tempo do senhor aparecer ?
Papai – claro, minha filha .. É tempo de natal. Hoje, estamos celebrando o 1º domingo do advento.
Comentarista  – e o que é advento , papai Noel ?
Papai – advento é tempo de preparação para a chegada do Menino – Deus, tempo de limpar o coração da maldade, pedir perdão pelos pecados , reconciliar com o irmãos , nos  preparamos de todas as formas para que Jesus encontre ,um ambiente gostoso ,em nós… para que ele nasça na paz . 
Comentarista – que alegria. Quer dizer que devemos estar preparados? Sempre vigilantes?
Papai – Sim. Temos q estar vigilantes. Veja só aqui os meus apetrechos? Aqui eu tenho um saco pra colocar as coisas boas para  dividir com os meus irmãos. Aqui eu tenho um chapéu pra guardar as coisas boas que Deus nos ensina e distribui-las por onde eu for . Aqui eu tenho boas botas pra correr atrás dos irmãos , caso ele esteja caminhando por onde não se deve . Tenho luvas brancas para que a minha mão estenda somente paz aos outros.. Tenho cinto forte  pra agarrar o  que necessitam de ajuda pra carregar sua cruz ..E ainda sou todo vermelho trazendo alegria pra todos que me vêem.
Comentarista –  Que beleza , papai Noel . O senhor é um homem vigilante. Sempre preocupado em ajudar os outros e cuidando bem do seu coração
Papai – mas é isso que Deus quer de nós… que estejamos sempre vigilantes , sempre prontos pra ele , porque ele não nos diz a hora em que deverá  chegar e qdo chegar  espera que estejamos preparados para recebe-lo  .
Comentarista – então, crianças, neste tempo de natal… é tempo tb , como nos disse o papai Noel ,de preparar também nosso coração pra chegada do Deus menino .
Papai – agora eu tenho que ir ,  tenho que buscar meu primo , pra missa da semana que vem .. e as renas estão impacientes aqui no telhado da igreja .
Comentarista – pode ir papai Noel , vamos dar tchau pra ele , crianças ?!e na semana que vem o senhor volta .. Enquanto isso, vamos todos ficar de pé e com alegria iniciar nossa caminhada para o natal cantando.
 Ato penitencial –
Abelha e urubu –  Ovelha  – Hiena –  Menino –
Todos – é natal… é natal … um feliz natal .. .. é natal é natal … tempo de presentes do pai Noel
Ovelha- – Ei, espera ai ?? Quem disse que natal é tempo de presente?
Hiena – Uai.. e não é não é ?
Abelha – – como vc é bobinho… Natal também é tempo de comer .. comer muito e muito e beber muito e muito .
Rato  – Ah cala a boca , seu urubu!
Urubu – Vê só , quem tá falando.. um rato  ?
Ovelha – Vamos parar com essa brigaiada ? Vocês não sabem que Natal é tempo de reconciliação ?
Abelha e hiena – Reconciliação???O que é isso?
Ovelha – é fazer as pazes se estão brigados, é ser mais humilde e saber pedir perdão.. é se unir , em vez de dividir , entenderam ?
Abelha – uai… Eu não tenho que reconciliar com ninguém, sou tão boa !1
Urubu – olha só quem tá falando?? Quem vive picando os outros!!
Abelha – Que isso!? E vc que é um urubu fedido e só vive dos restos dos que sobra dos outros
Rato – Oba. Briga !!!dá oio, dá no oio… Como de ver sangue.
Ovelha – Pode parar de novo, gente!!!Toda hora eu vou ter que  pedir pra terminar a briga ?
Abelha  – è mesmo ,gente. Tempo de natal… é tempo da gente estar mais atento pra pecar menos. Tempo de a gente vigiar nosso coração pra gente não deixar o pecado invadir.
Ovelha – É isso, bicharada. Assim, como os homens pecam e pedem perdão, é tempo tb da gente refletir… Tempo de colocarmos somente paz, alegria, amizade, amor entre nós para que assim possamos receber Jesus menino .
Hiena – já sei então… Vamos pedir perdão por não termos vigiando bem nosso coração e a cada pedido a gente diz : perdão senhor , perdão :
Todos – então vamos –
Ovelha – Vamos pedir perdão pelas nossas brigas, pela violência contra nossos irmãos.
Todos – perdão, senhor, perdão!
Rato – Vamos pedir perdão porque somos desobedientes, porque pensamos que natal é só tempo de presentes, de comida e esquecemos de Jesus que nasce em nós
Todos – perdão, senhor perdão.
Hiena – vamos pedir perdão pelo nosso egoísmo, pela nossa ambição, pela cegueira  do nosso coração que não sabe vigiar o tempo de deus em nós
Todos – perdão, senhor, perdão.
Urubu – vamos então pedir perdão por todos os nosso erros e prometer ao senhor, nos reconciliarmos com nosso Deus .
Todos – perdão, senhor, perdão
Abelha – gente então vamos pedir perdão cantando, todo mundo bem bonito??
Todos – muito bem, vamos todos cantar com alegria.
Leitura – Hoje então estamos celebrando o 1º domingo do advento, por isso vamos alimentar nosso espírito com a luz de Deus em nós, acendendo a 1º vela da coroa da preparação do natal. À vela que transmite amor e alegria em nosso interior e que nos ajuda a mantermos vigilantes e preparados pra chegada de Deus – Menino.
Vamos todos receber a nossa bíblia e com ela a 1º vela do advento, cantando.
Aclamação – Jesus nos alerta para que tenhamos a disposição de esperar ativamente, pois ele está para chegar. com alegria vamos cantar aclamando ao senhor .
Ofertório – Vocês conhecem a brincadeira do amigo oculto que a gente brinca muito nessa época? (explicar como é)
Pois, hoje, no inicio da missa, nós fizemos aqui no altar com algumas crianças o amigo oculto.
O intuito foi que saíssemos com alguém que não conhecemos e que ele possa oferecer algo bom para aquele amigo desconhecido. Assim, todos os oferecimentos que daremos ao nosso amigo , vamos oferecer ao senhor para que ele em bênçãos , espalhe sobre todos nós nos fazendo mais irmãos , mais solidários , e mais fraternos . Vamos lá. vc aqui , saiu com quem ? O que vc deseja pra ele nesse natal?(assim prosseguir com a brincadeira até que se feche o circulo).
Que o senhor acolha junto ao pão e ao vinho, todos nossos desejos ao irmão, que elas sejam ofertas do imenso amor que nos une. Vamos todos cantar com alegria o canto do ofertório.
Comunhão – Jesus reparte o pão a fim de nos alimentar e nos dar disposição para prepararmos para o natal. Cantemos com muita alegria e entusiasmo.
Ação de graças – esta semana crianças, iniciaremos um período do advento, advento como todos já sabem é o tempo de preparação para o nascimento de Jesus , durante essas quatro semanas . Vamos refletir através de músicas e imagens passagens do nosso rei e marcas que ele deixou entre nós .Vamos assistir um filme e deixar que Jesus fale por nós.

Historinha para o teatro da semana:

Chapeuzinho em: Antes tarde do que nunca

Técnica: Fantoches
Personagens: Chapeuzinho Azul, mãe da Chapeuzinho, Anjo, lobo, vovozinha
Há um tempo atrás, muito depois do último episódio de Chapeuzinho Vermelho e esquecendo totalmente do que se passara na outra aventura, veremos a linda menininha bem diferente, pois sua mãe resolveu lhe fazer um outro chapeuzinho e, agora, ela era a Chapeuzinho Azul! Linda e cantarolante como sempre…
Mas acontece que sua avozinha ainda não havia se curado (devia ser daquelas gripes crônicas) e continuava com uma tosse daquelas… Até uma dor de barriga apareceu e ela, coitadinha, mal se punha de pé…
A mamãe de Chapeuzinho, uma senhora muito calma e refinada, chamou a menina (a voz da mãe deve ser estridente, bem ao contrário da descrição)
_ Chapeuzinho! Chapeuzinho! Venha cá, menina preguiçosa!
_ Quê que é manhê!
_ Sua vó ta precisando de você… Tá que é um caco, a pobre… Fiz aqui um chá de segurar a dor de barriga, um mingauzinho de fubá com meia dúzia de ovos, pra levantar defunto… E até um remedinho pra desentupir o nariz. Mas você, vê se desta vez não erra o caminho, seja vigilante,observando bem os sinais (segurando a orelha da menina) e não dê ouvidos a nenhum Lobo Mau, porque se ele te pegar nessa história, sou eu que vou te dar uns cascudos!
_ Pode deixar mamãe… Eu já aprendi a lição e vou fazer tudo certinho e chegar na vovó rapidinho!
_ Então vai logo “dona moleza”!
(A menina começa a ir e voltar com uma desculpa)
_ Sua benção, mamãe…
_ Que Deus te acompanhe!
_Ah! O beijo!
_Esqueci de pegar na mão…
_Olhe aqui mamãe se não é um carrapato…
_ Chapeuzinhoooooo! Vá logo e pare de fazer hora, menina!
A menininha sai então cantarolando:
_ “Pela estrada a fora eu vou bem contente levar esses doces para a vovozinha… (êta musiquinha antiga, heim?)
Lá lá lá lá lá lá
E se eu não correr já vou levar um torrão…”
Ela, muito distraída, nem vê o Lobão que vem se aproximando…
_ Olá, bela Chapeuzinho. Vejo que mudou a cor do acessório, heim?
_ Gostou, é? Leva então pra você que eu não estou mais agüentando a mamãe me obrigando a usar esse “apetrecho-apetrechado”…
_ Tão espirituosa essa menina. Mas, diga lá Chapeuzinho, para onde você está indo?
_ Mas o senhor é mesmo cara-de-pau, heim? Então não sabe que eu estou indo pra casa da vovozinha? Para onde mais eu poderia estar indo?
_ Uai… Como todo mundo, indo morar num palácio… Se candidatar a deputada…
_ Cruz e Credo! Se fosse pra eu me candidatar seria para presidenta que é muito mais chique!
(E falando cochichando com a platéia) Bem, já que a distrai bastante, vou logo com o papinho furado: Você já viu a rodovia Fernão Dias depois da reforma?
_ Eu não… Nem sabia que tinham reformado por lá…
_ Ficou uma maravilha! Um espetáculo! Antigamente morriam por lá uns 100 por dia… Hoje só morrem 50. Ficou bem mais segura e é um ótimo atalho para se chegar com segurança na casa da vovó… E bem mais rápido…
_ Você não está me pregando uma peça de novo não, né seu malandrinho?
_ De jeito nenhum, menininha… O caminho por aqui é muito mais seguro… Pode confiar no lobinho aqui, que depois de levar aquele sustão dos caçadores, eu aprendi a lição…
_ Ta bom, então… Eu vou pela rodovia. Obrigadinho, seu Lobo.
_Rá…Rá…Rá… Menina tolinha… Caiu feito um patinho… De novo… Igual eleitor em véspera de eleição… Parece que não aprende que nunca se deve confiar no que é do mal… Agora é só ir na frente, comer a vovozinha e esperar a songa da Chapeuzinho para sobremesa…Rá…Rá…Rá…
E o lobo canta bem animado, enquanto vai se dirigindo para a casa da vovó…
_“Eu sou o Lobo Mal, Lobo Mal, Lobo Mal”
“Eu pego as vovozinhas pra fazer mingau”
E netinhas de sobremesa! Rá…Rá…Rá…
E, enquanto isso, na rodovia, Chapeuzinho passava aperto para atravessar…
_ Noooossa… Quanto carro! Mas é melhor esperar já que o lobo falou que é por aqui… Ele deve estar certo…
Foi, quando apareceu um reforço de última hora:
Anjo _ Chapeuzinho… Chapeuzinho…
_ Ué… Quem é você? Será que eu fui atropelada e nem vi? Ou caí num buraco, morri e fui pro céu?
Anjo _ Nada disso… Eu vim aqui pra te dar uma “dura”… Uma correção! Você não aprendeu que não se pode confiar em quem a gente não conhece? Ainda mais num Lobo Mal? Quantas vezes temos que te dizer para ficar atenta e não dar mole para ninguém? Você de novo não soube ser vigilante e agora caiu no golpe do lobo.
_ Ué… E não é que o Lobo me enganou de novo?
Anjo _ Claro que sim! Agora ele está indo bem depressa pra pegar a vovozinha, enquanto você está presa nesse mau caminho… Você precisa aprender a escolher o caminho certo! A andar sempre orientada pelo que seus pais e Deus lhe falam ao coração… Ser sempre vigilante, atenta aos sinais de Deus e não dar ouvidos para o mundo que vai só soprando coisas ruins aos seus ouvidos…
_ É mesmo, seu Anjo… Eu errei de novo, mas prometo que vou me corrigir… E vou agorinha mesmo! Voando se preciso for para salvar a vovozinha!
E mudando o jeito de cantar, agora bem mais decidida, sai correndo:
_ “Eu sou a chapeuzinho, Chapeuzinho, Chapeuzinho…”
“Eu vou bem ligeirinha pra salvar a vovozinha…”
_ É, foi bom o Anjo vir me dar esse corretivo… Agora vou procurar nunca mais errar!
Enquanto isso, lá na floresta…
_ E aí, vovó… Vai abrir ou quer que eu derrube a porta?
_ Quê isso, minha netinha… Que modos são estes?
_Abre logo… Ou…. (empurra a porta e entra) Olá, vovó…zinha…
_ Chapeuzinha, como você está mudada…
_ Claro… Não viu que eu troquei o chapéu?.
_ É mas parece que também trocou o nariz… As orelhas… Os olhos (cruzes, como estão grandes!)… As mãos… E o pior… Também trocou a boca…
_ E já que falou nisso, vou logo poupando a conversa toda e dizer… É para te comer! Sua veinha folgada!!
Aconteceu uma correria, vovozinha gritando de um lado e o lobo correndo atrás… Quando se ouve a música da cavalaria chegando…
_ Viu, vovó… Vim pra te salvar. O Anjo me ensinou que eu estava errada e me deu um corretivo, disse também que é preciso vigiar sempre, porque o mal estas a postos o tempo todo. Ainda bem que cheguei a tempo!
Vovó _ Tempo? Pode parar de falar que já está dois a zero pro Lobo!
_ Pode deixar, vovó! E toma aqui seu Lobo-bobo… Maldoso… Matador… E engolidor de vovozinhas desprotegidas… (ela pega um rolo de papelão como um cacetete e bate no Lobo que cai e morre)
Vovó_ Que bom, minha netinha… Nem precisamos chamar os caçadores para nos salvar!
_ Ah! Quê isso… A experiência também conta nessas horas, né vovó? Mas hoje eu aprendi a lição e não vou me esquecer mais… E quero ensinar para quantos dela necessitar… A gente tem que estar sempre muito preparada para saber sair das situações difíceis que o mal nos coloca. Temos que estar sempre vigilantes, pois nunca sabemos a hora em que seremos chamados a prestar conta de nosso atos. Por isso crianças, andem sempre no bom caminho, sejam sempre atentas, vigilantes e com o coração cheio de coragem, fé e alegria para o nosso Deus.
_ E aí, vovó… Vamos tomar o lanchinho que a mamãe mandou?
Compromisso da semana: Como preparação para celebrar o Natal de Jesus, que tal combinar com a(o) catequista e os colegas uma visita a uma pessoa doente da comunidade?

Kit livros para catequese e missa com crianças

Fonte de pesquisa (preces e leituras) – www.homilia.com.br
Imagem e Compromisso da semana (preces e leituras) – www.paulus.com.br

Fonte:http://www.missacomcriancas.com.br/site/1o-domingo-do-advento-ano/

16 de novembro de 2016

Cristo Rei

Tema: Cristo é Rei!

Material: Uma coroa

Palavra: “A multidão conservava-se lá e observava. Os príncipes dos sacerdotes escarneciam de Jesus, dizendo: Salvou a outros, que se salve a si próprio, se é o Cristo, o escolhido de Deus! Do mesmo modo zombavam dele os soldados. Aproximavam-se dele, ofereciam-lhe vinagre e diziam: Se és o rei dos judeus, salva-te a ti mesmo. Por cima de sua cabeça pendia esta inscrição: Este é o rei dos judeus”. Lucas 23, 35-38

Hoje eu vou contar uma história sobre um rei. Como você sabe, um rei geralmente usa uma coroa feita de ouro, prata e jóias preciosas - uma coroa parecida com esta que eu tenho comigo. O rei da nossa história usava um tipo diferente de coroa. Ouça a história do "Rei ao Contrário."
Imagem do Blog Amigos do Céu

Era uma vez, há muito tempo atrás... Um rei. Ele não era um rei comum. Ele era diferente dos outros reis, porque Ele era ao contrário dos outros reis. A começar do dia em que nasceu, você já poderia dizer que este rei ia ser diferente. A maioria dos reis geralmente nascem em um palácio, mas este rei nasceu em uma estrebaria rodeada por burros, ovelhas e vacas. Não foi um começo muito grandioso para um rei, não é?! Na verdade, poucas pessoas  sabiam que naquela noite um rei tivesse nascido. Somente um punhado de pastores e três homens sábios ficaram sabendo que o rei nasceu.
O rei cresceu... Mas ele continuou a ser diferente de outros reis.
Enquanto a maioria dos reis gastavam todo seu tempo fazendo riquezas de prata, ouro e jóias, o nosso rei ao contrário não tinha nada. E enquanto a maioria dos reis estavam cercados de empregados, Ele escolheu ser um servo. Ele poderia ser visto com freqüência ajudando os outros.
Conforme o tempo passava, as pessoas ficaram muito insatisfeitas com esse rei, porque ele simplesmente não agia da maneira que eles achavam que um rei deve agir. Ao invés de andar pela cidade em um grande cavalo branco, como era  de costume dos outros reis, o rei ao contrário dirigiu-se a cidade no lombo de um burro. Mas isso é maneira de um rei para agir?
E o povo que Ele escolheu para ser seus amigos?! Seus amigos mais próximos eram um bando de pescadores e fedorentos Ele era muitas vezes visto conversando com os pobres e comendo com pecadores.
Finalmente, o povo decidiu que eles tinham ficado com aquele Rei por muito tempo. Se ele não poderia agir da forma como deve agir um rei, então eles não queriam mais que ele fosse seu rei. Eles fizeram um plano para ele ser preso e jogado na prisão.
O plano funcionou. Quando chegou o dia de seu julgamento, o rei estava diante do povo. Ao invés de gritar "Viva o Rei!" Eles gritaram: "Crucifica-o! Ele não é o nosso rei, crucifica-o!." Então crucificaram o rei, pregando-o uma cruz.
Vestiram o rei com um manto vermelho, colocaram uma coroa de espinhos em sua cabeça, batiam-lhe na cabeça com uma vara e zombavam dele... Que maneira de um rei morrer! Depois que Ele foi crucificado, eles levaram seu corpo e colocá-lo em um túmulo emprestado...
Espere, isso não é o fim da história. Lembra-se???... Este rei era diferente! O Rei ao contrário ressuscitou dentre os mortos para viver eternamente. Agora, em vez de ser o Rei ao contrário, Ele é o Rei para sempre!!!
Ele é o rei de todos aqueles que o escolhem como rei. Sim, ainda existem algumas pessoas que não o chamam de rei, mas quem o conhece bem o chama de rei... Eles o chamam de Rei Jesus!
Jesus quer ser seu rei também, e se você escolhê-lo para ser seu rei, você viverá feliz para sempre!


Oração: Querido Jesus, hoje eu te declaro meu Rei e Senhor! Te declaro Rei e Senhor da minha família, dos meus estudos (continue a oração com as crianças). Quero que meu coração seja o teu trono, Jesus! Reina na minha vida! Amém!

Brincadeira:
Corrida ao contrário: Faça duas linhas no chão e escreva "Saída" em uma e "Chegada" em outra. Divida as crianças em equipes e faça um revezamento com elas andando ou pulando ou correndo de costas até linha de chegada, depois voltando de frente. Quando retornar na linha  de saída o próximo jogador continua a corrida indo de costas e voltando de frente. Vence a equipe que terminar primeiro.

Atividades:
Amplie e distribua as coroas para que as crianças colem em cartolina ou papel laminado dourando ou prateado ou papel cartão ou papel colorset. Pode-se enfeitar com lantejoulas, glitter, etc... Peça para eles escreverem "Jesus é meu Rei", "Jesus reina", etc.


Fonte: http://tiapaulalimeira.blogspot.com.br/2010/11/cristo-rei.html

Imagem do Blog Amigos do Céu

ARTE TEMA DA RCCBRASIL 2017 DESENHO PARA COLORIR


Sob o tema “O Espírito Santo descerá sobre ti” (Lc 1,35), a RCCBRASIL lançou a arte oficial para 2017. E deixo aqui a versão by AMIGUINHOS DE DEUS da arte 😍.


 - Estou disponibilizando esta ilustração para download, o arquivo encontra-se no formato .PSD
- Seu uso é livre, para fazer cartazes, banners, etc., ficando vetada toda e qualquer forma de comercialização da mesma.
- Em publicações na internet (sites, blogs, redes sociais) que seja citado a fonte e o autor.
 CLIQUE AQUI para baixar.

A arte busca refletir a moção dada por Deus para a Renovação Carismática Católica para o próximo ano, e foi inspirado no trecho do evangelho em que é narrada a anunciação do Senhor. A Virgem Maria colocou-se como serva de Deus após o anuncio do anjo de que ela seria a Mãe do Salvador. Ela, então, questionou o anjo como aconteceria tal fato. E ele respondeu que o Espírito Santo desceria sobre ela.
[...]
Essa moção remetendo a ação poderosa do Espírito Santo é uma confirmação para o movimento que em 2017 celebrará o Jubileu de Ouro, 50 anos da corrente de graça. O tema esta também em unidade com o Ano Jubilar Mariano, que a Igreja do Brasil viverá em 2017, celebrando os 300 anos da aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida, que hoje é Rainha e Padroeira do Brasil. FONTE: RCCBrasil


Fonte: Blog Amiguinhos de Deus

Jesus Cristo Rei do universo – Ano C

“Jesus Cristo Rei do universo, seu reinado de justiça, misericórdia e paz nos convida a fazer o bem e trilhar o caminho do amor a Deus e aos irmãos e irmãs.”

– Missa com criança da semana: texto
– Evangelho: texto
Jesus é o rei que nos ensina a amar e servir
Celebramos a Cristo, rei do universo, que venceu o mal e nos trouxe a salvação. Seu reinado de justiça, misericórdia e paz nos convida a fazer o bem e trilhar o caminho do amor a Deus e aos irmãos e irmãs. Comemoramos hoje o dia dos leigos e leigas e concluímos o ano litúrgico; também concluímos o Ano da Misericórdia, agradecendo ao Pai pelas graças recebidas e por todos os que nos ajudaram a fazer a experiência do amor e da misericórdia em nossa vida pessoal e comunitária.
Acolhida – Boa noite ,queridas crianças , boa noite a todos aqui presentes . Sejam bem vindos a esta celebração.
Vamos, hoje, com muita alegria celebrar o último dia de liturgia comum , porque a partir da semana que vem , iniciaremos nossa caminhada para o advento , que é a preparação para o natal , celebrando a grande festa do amor . Mas hoje, vamos observar bem a quem vamos celebrar.
Quem é este homem? Ele lembra Alguém que vocês conheçam?
Qual é o propósito dele aqui na terra? O que ele veio fazer?
Ele é somente um rosto ou representa algo mais?
Neste rosto você reconhece algo de diferente. Vamos observar?

E logo abaixo… a forma como este homem foi aceito pela sociedade e seu fim diante daqueles que nunca nele acreditaram.Aqui, nessa parte, vemos na face o nascimento dele, aqui observamos os anjos que cantam para dar a ele glórias e aleluias .No alto da sua cabeça, representa sua missão junto aos pobres, aos marginalizados, aos esquecidos…
Mas será que este rosto morreu nessa cruz? Será que junto dele também sepultamos nossa fé?
Claro que não, não é mesmo, crianças. Hoje celebramos com grande alegria o triunfo desse homem que de seu rosto fez-se rei, Rei Jesus, rei de nossas vidas
Hoje celebramos a grande festa do Cristo Rei , ele que veio para governar nossas vidas pautado no amor , na caridade , na verdade e na justiça , vamos todos ficar em  pé e olhar no rosto do Cristo vivo o seu poder de grande rei para cada um de nós ,cantando .
Ato penitencial – Vamos prestar bastante atenção, crianças, no que eu vou explicar porque assim realizaremos uma reflexão.
Vocês aceitam Jesus como rei de vocês? Um rei não é aquele que governa com justiça, sabedoria e amor? Pois eu conto pra vocês que tem muita gente que diz que acredita em Jesus, que vem até a missa, mas que não segue o que Ele diz.
Pois a idéia de rei é assim:
Todo rei deve ter um castelo, mas Jesus não tinha castelos, nasceu pobre num coxo emprestado, no fundo de um quintal.
Todo rei tinha que ter riquezas, mas Jesus dizia que a riqueza dele não era desse mundo.
Todo rei tinha que ter nascido em berço de ouro e ter vestes de ouro e cetro de ouro, Jesus nem um cajado de pau tinha.
Todo rei tinha que ter exércitos e mandar matar todos que não acreditavam nele, mas Jesus amava os inimigos e tentava perdoá-los.
Todo rei tinha que ter uma coroa de ouro, a de Jesus era de espinhos
E todo rei tinha que ter morte de rei, com funerais riquíssimos e cerimonial de semanas a fio. Jesus morreu numa Cruz, que Ele mesmo teve que carregar sozinho, meio a ladrões e sendo coroado com espinhos.
Mas, o pior, crianças, é que Ele mostrou ao mundo o perdão até o ultimo momento, mostrou a todos nós a humildade, o amor, a compreensão até o último instante e, ainda voltou coroado em Deus pra nos dizer, eu amo vocês e quem me seguir estará comigo até o último dia. e vocês acreditam que muitos de nós, aqui, ainda não entendemos e não seguimos o nosso rei Jesus?
Pecamos e erramos e fugimos de seus propósitos, por isso, crianças, pelas vezes que erramos tanto com nosso Jesus, vamos pedir perdão e vamos pedir cantando.

Leitura
Sentadinhos agora e, bem caladinhos, vamos ouvir a nossa leitura.  Hoje ela está tão linda porque o profeta Daniel descreve um rei cheio de glória, beleza e majestade, cuja realeza se estende por toda a terra. Esse rei representa a pessoa de Jesus Cristo. Vamos ouvir então?
Aclamação – O Evangelho de hoje é uma descrição profética do juízo final. O Filho do Homem chega em sua glória, Como rei, para julgar todos os povos e confirmar seu modo de viver conforme a misericórdia praticada com os excluídos, os pobres.
Portanto, crianças, devemos estar atentas o tempo todo. Vamos ficar em pé e com alegria cantar saudando as palavras do Senhor

Preces
1- Senhor, iluminai os pastores de vossa Igreja, o Papa Bento XVI, os bispos, padres e diáconos, para que, a exemplo de Jesus, possam orientar vossos filhos e filhas no caminho da justiça e do amor. Nós vos pedimos.
2 – Senhor, protegei os que passam fome, os que estão doentes e na prisão, para que sejam confortados em seu sofrimento. Nós vos pedimos.
3- Senhor, acompanhai todos os cristãos leigos e leigas engajados nos diversos serviços e ministérios, na Igreja e na sociedade, para que continuem firmes, dando testemunho de fé e esperança, edificando o vosso Reino de amor, justiça e paz. Nós vos pedimos.
4- Senhor, abençoai todas as crianças, que elas possam conhecer o Rei que elas tem e que possam se espelhar em seus exemplos vivenciando suas palavras. Nós vos pedimos.
Ofertório
O que será crianças que hoje iremos oferecer ao nosso Deus que nos deu Um rei de presente?? Que nos deu um reinado de justiça, amor e esperança pra quem nele crer?
Ah já sei… hoje vamos coroar nosso Deus com inúmeras coroas … Essa será nossa oferta:
Com coroas que lembram os mais pobres que precisam ser coroados com nossa ajuda
Coroas que devemos substituir pela de espinhos que ferem tantas cabeças de irmãos nossos, feridos pelos pecados humanos, querendo coroá-los com coroas de carinho, atenção, cuidados
Devemos oferecer ao  nosso Deus um coroa rica , ornada de belezas representando o quanto queremos ver brilhar todos os dons  com que eles nos presenteou a serviço do próximo e de seu reino ..
Oferecer a coroa mais singela… em nome de toda humildade, de toda simplicidade com que Deus quer que nos revistamos…
Oferecer a coroa de Flores… que alegram e perfumam, e deve ser assim nossa vida aqui na terra, sempre um presente agradável a todos que nos cercam…
Oferecer a coroa da justiça … da verdade com que devemos nos coroar e coroar também a nossa família…
Trazer como oferta a coroa do amor … do perdão … de Jesus … com que queremos ser coroados todos os dias…
Assim, senhor, junto ao pão e ao vinho… e meio a tantas coroas queríamos que o Senhor soubesse o quanto somos gratos por tantas graças em nós depositadas Amém.
Vamos cantar crianças… que hoje é dia de festa…..
Comunhão – Jesus, nossa alegria, faz uma bonita festa de comunhão . Sua presença nos faz sentir seguros e nos dá a esperança de um dia podermos  todos, nos sentar a sua mesa e celebrarmos a grande festa no céu , que Ele nos prepara. Por isso, cantamos com alegria e vivemos  cada momento a certeza de encontrá-lo um dia
Vamos cantar?
Ação de graças
Sentadinhos e bem caladinhos vamos agradecer ao nosso pai do Céu que nos deu Jesus, nosso grande rei.
E vamos repetir comigo essa pequena oração. Eu falo primeiro e depois vocês repetem, está certo?
Pai do Céu /
Obrigado por nos ter dado um rei tão amável/
Obrigado por nos ter guiado/ com palavras de vida eterna/
Obrigado por nos amar como filhos e filhas./
Ajude-nos senhor, /a viver cada palavra ensinada/ pelo nosso rei Jesus
Que elas fortaleçam nossa vida/
E nos faça ser seguidores dos seus passos
Que como súditos, /
Possamos cada vez mais/
Assemelharmos-nos ao nosso rei . /
Amém.

Historinha para o teatro da semana:

O rei justo

Técnica: Apresentação de objetos sobre a mesa focalizando as partes principais da história, como uma porta, os personagens sendo fantoches manipulados na mão.
Personagens: Rei Justo – Amigos oportunos – pobres – jardineiro – cozinheira do castelo
Era uma vez, um castelo…um rei…uma história!
Seu nome Rei Justo. Esse rei famoso era muito rico e era rodeado de amigos…
Um dia ele resolveu:
_Já sei! Vou dividir todo o meu reino com aqueles a quem eu amo, os que me servem, os meus amigos verdadeiros.
O rei Justo está decidido a dividir tudo. Mas como é que Rei Justo iria saber de fato quem eram os seus amigos, aqueles que o serviam de coração.
Então o que ele fez? Ah, Ele teve uma idéia genial! Iria contar aos amigos que ele se tornara pobre e nada mais tinha, nem tesouros, nem terras e nem riquezas. E aquele que o acolhesse, mesmo, que na sua pobreza, este sim! Esse mereceria parte de seu reino.
O rei dizia:
_ Assim, saberei exatamente quem são aqueles que me amam sem interesse no que eu possa dar a eles. Com isso, escolherei os que se sentarão ao meu lado e, com quem repartirei os meus tesouros.
Então, o rei se vestiu de pobre e a notícia se espalhou por todo o reino:
_ “O rei justo está pobre, sem aquela pompa de rei, despido de toda riqueza e poder, mas simples e humilde, como é seu coração.”
Foi aí que começou a confusão! Aqueles que se diziam seus amigos começaram a se afastar, tinham desculpas esfarrapadas para o Rei não ajudar. O Rei se viu sozinho e pôs-se a caminhar, procurando por homens de bem, a quem tudo Ele iria dar.
Pelo caminho ele foi assaltado.Levaram tudo.Deixaram-no nu. Coitado!
Ali na estrada, sem roupa e sem destino, ele ficou e muitos de seus ex-amigos passaram mas fingiram não conhecê-lo e continuaram seu caminho.
O pobre rei ali sozinho ficou triste e solitário. E sentiu que no seu reino as pessoas não tinham espírito solidário.
Foi nesse instante que surgiu o Januário, aquele jardineiro manco, que reconheceu o rei e deu o manto a ele.
Então o rei sorriu e sentiu esperança. Quem sabe se neste reino tão grande haja mais Januários para acolhê-lo? Isto tudo  despertou segurança.
O Rei sentiu fome e se lembrou do amigo Benedito, aquele que se fartava em sua casa, quando era rico e tudo tinha. Este sempre fazia companhia ao rei.
O rei bateu forte à porta da casa do amigo. Ele logo veio atender , mas quando o viu maltrapilho, logo quis saber :
_ O que é que você quer?
_Peço pão! Tenho fome! – disse o Rei .
_Pois hoje não tenho nada e não quero vê-lo mais, se coloque na estrada e não volte nunca mais.
Aí, crianças! Aquilo bateu forte! O rei não esperava por isso e pôs-se a bater nas portas dos amigos que ele achava que tinha, mas qual não foi sua surpresa, nenhum deles o atendia!
Então ele teve sede e fome e sentou-se em uma ponte , onde estavam outros. Viu no meio deles uma criança pobre que lhe trouxe pão ao reconhecê-lo mostrando-lhe compreensão. A criança chamou os outros e contou-lhes sobre o rei Justo, que a todos amava e que no tempo de seu reinado : pão nunca faltava.
O rei se alegrou por eles o haverem reconhecido e fez festa com eles, porque o haviam acolhido.
Mas, quando estavam festejando, eis que chegam soldados e vendo tanta gente à toa, foram empurrando e levando todos pra prisão. Lá para o fundo da masmorra.
O rei, ali sozinho, pensou em todos aqueles que encontrou em seu caminho. Ficou triste porque viu tanta pobreza…ficou triste…porque viu tanta injustiça…ficou triste…porque viu tanto desamor…
Então, o rei ficou doente e a notícia se espalhou, mas os amigos, aqueles que viviam no bem bom, não vieram visitá-lo na prisão.
Dona Maria, cozinheira, que mora lá na favela, juntou-se ao Chiquinho, o padeiro e o vizinho, tudo gente simples e foram à prisão visitar o rei. Levaram uma sopinha pro coração do rei esquentar e renovar suas forças pra poder lutar.
Então o rei viu que valera a pena seu sacrifício, pois existia no meio de seu povo, muita gente  boa que acolhia e que amava o outro.
O rei tomara então a decisão. Voltou ao seu cargo e mandou um recado a todos do reino, que ele havia voltado e recuperado todos os seus tesouros.
E olhem só quem veio dar as boas vindas? Os ex-amigos que lhe bateram a porta, que o expulsaram de suas casas…
Aqueles que não o acolheram…
Rei justo disse a todo o seu reino:
_Hoje, a justiça entrará em minha casa e nesse momento separarei entre vocês, aqueles que merecem uma parte de tudo que tenho: Terras, tesouros e riquezas.
Todos se colocaram à frente, queriam receber algo do rei, aqueles que na vida não o souberam acolher.
O rei , porém, Justo como era, chamou os pequeninos, aqueles que o acolheram no caminho e os colocou à sua direita e lhes deu toda à sua riqueza.
Ah, crianças! Os outros então disseram:
_Por que deu a eles e nada deu a nós?
O rei então respondeu:
_Eu estive nu e não me vestistes; eu estava com fome e não me destes de comer; eu tive sede e não me destes de beber; eu estava necessitado e desabrigado e nas usas casas não me acolheram; eu estava doente e na prisão e não fostes me visitar. Pois, agora, no meu reino, pra vocês, não tem mais lugar!
Quero que vocês saiam e nunca mais voltem a me amolar. Pois em verdade…em verdade…eu vos digo…Se não souberes me acolher e nem a esses a quem tanto amo, o castigo de vocês será eterno enquanto os justos, esses pequeninos que souberam amar o próximo no mundo, irão ter o reino de justiça e amor para a vida eterna ao meu lado. Esta sim é a minha justiça.
E se alguém me ama guardará a minha palavra e os meus mandamentos.
Compromisso da semana: Jesus é rei porque ensinou, com o exemplo de sua vida, que o amor é o dom mais precioso que podemos oferecer às pessoas.


Kit livros para catequese e missa com crianças

Fonte de pesquisa (preces e leituras) – www.homilia.com.br
Imagem e Compromisso da semana (preces e leituras) – www.paulus.com.br

Fonte: http://www.missacomcriancas.com.br/site/jesus-cristo-rei-do-universo-ano-c/

14 de novembro de 2016

O Tempo do Advento vivido na Família

Em casa, cada família colocará a Coroa do Advento num lugar apropriado, num local de encontro da família. Nas noites de Domingo a família se reúne e acende a vela correspondente à semana que se vai viver do Advento. Sugerimos o seguinte roteiro de celebração familiar:
1. Leitura: texto da semana (1a. 2a. 3a. 4a.)
2. Acender da vela
3. Bênção do Pai ou da Mãe* (ou quem seja responsável pela família)  
1ª Semana do AdventoO Profeta Isaías que prepara o povo do seu tempo – mil anos antes -, para a vinda do Messias. Ele chama a atenção do povo para a confiança e alegre esperança do encontro definitivo com Deus.
(Acender a 1ª vela)
(Rezar 1 Pai-Nosso... 3 Ave-Marias... Glória ao Pai...)
Oração: A luz de Cristo, que esperamos neste Advento, enxugue todas as lágrimas, acabe com todas as trevas, consolem quem está triste e encha nossos corações da alegria de preparar sua vinda neste novo ano de graça!
Bênção do Pai ou da Mãe:- Que Deus te abençoe e te guarde! - Amém
- Que Deus te ilumine com a luz da Sua face e te seja favorável. - Amém
- Que Deus te mostre o Seu rosto e te traga a paz. - Amém
- Que Deus te dê a saúde do corpo e da alma. – Amém
- Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. – Amém
2ª Semana do AdventoOuvimos o alerta de João Batista: “Convertei-vos, porque o Reino dos Céus está próximo!” Devemos cultivar o desejo de conversão, arrependimento dos nossos pecados e o compromisso de prepararmos o caminho do Senhor que virá. Esta vela lembra ainda a fé dos patriarcas e de São João Batista, que anuncia a salvação para todos os povos.
(Acender a 2ª vela)
(Rezar 1 Pai-Nosso... 3 Ave-Marias... Glória ao Pai...)
Oração: Fazei, Senhor, que do mesmo modo que estas velas nos iluminam, os valores do Vosso Reino, iluminem as nossas vidas para que alcancemos a Salvação que vem de vós.
Bênção do Pai ou da Mãe:- Que Deus te abençoe e te guarde! - Amém
- Que Deus te ilumine com a luz da Sua face e te seja favorável. - Amém
- Que Deus te mostre o Seu rosto e te traga a paz. - Amém
- Que Deus te dê a saúde do corpo e da alma. – Amém
- Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. – Amém
3ª Semana do AdventoEstamos mais próximos do Natal e cheios de esperança em uma vida melhor. Temos a esperança a crepitar, nossa fé se reanima, é Jesus quem vai chegar. Ela une-se às outras para nos dar uma luz mais poderosa.
(Acender a 3ª vela)
(Rezar 1 Pai-Nosso... 3 Ave-Marias... Glória ao Pai...)
Oração: Despertai-nos, Senhor, do nosso sono e ajudai-nos para que a nossa presença na sociedade seja um sinal de que vens ao nosso encontro, quando fazemos possível que a justiça, a liberdade e a paz sejam as características da vida dos nossos irmãos e irmãs.
Bênção do Pai ou da Mãe:
- Que Deus te abençoe e te guarde! - Amém
- Que Deus te ilumine com a luz da Sua face e te seja favorável. - Amém
- Que Deus te mostre o Seu rosto e te traga a paz. - Amém
- Que Deus te dê a saúde do corpo e da alma. – Amém
- Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. – Amém
4ª Semana do Advento "Eis que a Virgem conceberá e dará à luz um Filho". A luz habita entre nós como o fez um dia, graças a uma mulher simples – Maria - que ouviu a palavra de Deus, que confiou n’Ele e o manifestou à humanidade.
(Acender a 4ª vela)
(Rezar 1 Pai-Nosso... 3 Ave-Marias... Glória ao Pai...)
Oração: O Natal está tão perto que quase o podemos tocar. A esperança está tão madura que é quase uma realidade. É aí, Senhor, entre a realidade e a esperança que queremos pôr os nossos corações como Maria, a Senhora Aparecida. Que tu os enchas de luz. Luz que reflete a tua presença no mundo.
Bênção do Pai ou da Mãe:- Que Deus te abençoe e te guarde! - Amém
- Que Deus te ilumine com a luz da Sua face e te seja favorável. - Amém
- Que Deus te mostre o Seu rosto e te traga a paz. - Amém
- Que Deus te dê a saúde do corpo e da alma. – Amém
- Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. – Amém


 Deus, a grande luz! O Filho de Deus está para chegar, então, nós O esperamos com luzes, porque O amamos e também queremos ser, como Ele, Luz.

Fonte:http://www.a12.com/formacao/detalhes/subsidio-para-a-celebracao-do-advento-em-familia

Encenação: Símbolos do Natal


 Irmã Patrícia Silva, fsp

Esta encenação pode ser feita na escola, na catequese, em família. Uma pessoa faz a narração. Várias crianças e, até pessoas adultas, podem participar, encenando cada personagem.
Material necessário: uma árvore verde, sem enfeites, festões, bolas coloridas, presentes, estrela, anjo para dependurar na árvore, frase escrita numa faixa: “Glória a Deus nas alturas e paz aos homens”,uma manjedoura,  a imagem do menino Jesus, que será colocada junto à árvore, no momento oportuno.


 As pessoas se reúnem numa sala que reserva um espaço vazio para a encenação.

Narrador(a): Estamos reunidos para celebrar o Natal. O mundo inteiro está  celebrando o Natal. É realmente importante. A internet, a televisão, os jornais, as revistas, as lojas, as ruas, as casas e praças estão enfeitadas. Todo mundo festeja o Natal. Há até uma música diferente.

Música natalina instrumental

Árvore (entra uma criança vestida de árvore ou carregando uma árvore que está dentro de um vaso. Coloca-a no centro do ambiente e fala):  Acho que cheguei a tempo para a festa do Menino Deus. Não podia faltar. Sou símbolo da vida, símbolo de Jesus. Ele mesmo vai dizer quando for grande: “eu sou a videira e vocês são os ramos”. “Eu sou a Vida!” Quero ficar por aqui para a festa de sua chegada.

Música
Estrela (apagam-se as luzes, por um instante, uma criança entra, trazendo a estrela. Acendem-se as luzes, e criança fala): Sou uma estrela especial, um cometa. Venho de longe para iluminar  a manjedoura, o bercinho do Menino Jesus. Minha missão também é de guiar os Reis Magos e todas as pessoas que querem se encontrar com Ele. Por isso, escolho o lugar mais alto nesta linda árvore para ficar. (A estrela é colocada no topo da árvore).

Música
Festões (duas crianças chegam trazendo os festões verdes ou dourados e vão enfeitando a árvore, enquanto falam): Nós somos os festões. Queremos mesmo uma grande festa para o Menino Deus. Simbolizamos todos os caminhos do mundo que devem, nesta noite, direcionar-se para cá. Queremos que todas as pessoas venham se encontrar com Jesus.

Música
Bolas coloridas (várias crianças trazem bolas coloridas. Uma delas fala, enquanto as outras vão colocando as bolas na árvore). Nós somos as bolas coloridas. Simbolizamos as frutas nesta árvore. As bolas simbolizam os bons frutos na vida das pessoas: o amor, a paz, a fraternidade, o perdão, a gratidão, a esperança, a alegria....

Música
Anjo (uma criança traz o anjo, coloca-o na árvore, e fala): Um anjo disse para Maria que ela seria Mamãe do menino Jesus. Outro anjo, quando ele nasceu, apareceu aos pastores e deu-lhes a linda notícia: “Nasceu hoje na cidade de Belém um Menino, o Salvador”.


 Música
Manjedoura ( Uma criança traz a manjedoura vazia, coloca-a diante da árvore e diz):Esta é a manjedoura, o bercinho de Jesus. Não havia lugar para Ele nas casas, por isso ele foi colocado num cocho onde os animais comiam capim.

Música
Faixa  (duas crianças trazem a faixa onde está escrito: Glória a Deus....Colocam a faixa na árvore  e uma fala): Estas palavras são o programa de vida de Jesus e nosso. Foram ditas pelo coral de anjos aos pastores que logo vieram visitar o Menino Jesus (as duas crianças dizem):   “Glória a Deus nas alturas e paz na terra às pessoas de boa vontade”.

Música
Presentes ( algumas crianças trazem presentes numa cesta e colocam a cesta ao pé da árvore. Uma delas diz): Os pastores visitaram o Menino e trouxeram-lhe presentes: leite quentinho, frutas, lã para o aquecer....
Música
Menino e Menina (Uma menina vestida de Maria e um menino vestido de José  trazem o Menino Jesus e o apresentam a todos. Depois, o colocam na manjedoura, ficando a seu lado).

Música – Noite feliz ( se possível, todos cantam)
Noite feliz, noite feliz! Ó Senhor, Deus de amor, pobrezinho, nasceu em Belém. Eis na lapa, Jesus, nosso bem! Dorme em paz, ó Jesus (bis).

Noite feliz, noite feliz! O Jesus, Deus da luz, quão afável é o teu coração, que quiseste nascer nosso irmão, e a nós todos salvar (bis).

Noite feliz, noite feliz! Eis que no ar vêm cantar aos pastores os anjos do céu, anunciando a chegada de Deus, de Jesus Salvador (bis).

Narrador/a – Agora, estamos reunidos em torno do presépio, recordando o nascimento de Jesus. É Natal. São Paulo diz: “A bondade e o amor de Deus se manifestaram” (Tt 2,11). Tomando em nossas mãos a imagem do Menino Jesus, digamos o que queremos ser no seu presépio.  (Passar a imagem de mão em mão e esperar que as pessoas se expressem).

Narrador/a – Este é o momento de nos desejarmos uns aos outros “Feliz Natal”.
Fonte:http://comunicacatequese.blogspot.com.br/p/natal.html